19 julho 2010

BOLETIM

em "A Magia do brincadeiro"

Ninguém será reprovado,
está todo mundo matriculado,
inclusive a Direção.

Não tem livro,
não tem tema de casa,
nem mesmo professor.

Ela é diferente,
mexe no fundo da gente,
já está incluída na mensalidade.

Na escola, este ano,
vai ter matéria nova:
o nome dela é AMOR.

PEQUENO ROMANCE

(em "A Magia do Brincadeiro")

O pão francês, quentinho,
diz para a manteiga:
— Queres o meu carinho?

A manteiga, toda derretida,
não dá bola ao atrevido.
Ela quer o presunto para marido.

O presunto não quer assunto
e manda a manteiga
ir falar com o queijo.

O queijo sussurra comovido
ao ouvido da goiabada:
— Quer ser a minha namorada?

A goiabada, enternecida,
responde ao filho do leite:
— Estou comprometida com o salame.

O salame não havia
entrado ainda na história
e nada vai exclamar:

No último verso do poema
o coitado é devorado
pelo leitor esfomeado.