25 janeiro 2009

SOPA DE ARROZ DO PAI JOSÉ

Se deixas sair o que está em ti
O que deixas sair te salvará
Se não deixas sair o que está em ti
O que está em ti te destruirá
(Jesus, segundo Tomé)


A Sopa de Arroz do Pai José é campeã das dietas, porque limpa, emagrece e não dá fome. Leva arroz integral, alho, cebola, alho-poró, aipo (salsão), bertalha e verdinhos frescos:
uma xícara de arroz cru,16 de água, 6 dentes de alho, 3 cebolas médias, 6 talos de aipo com as folhas, um alho-poró também com as folhas, 12 ou mais folhas de bertalha, e ainda hortelã, cebolinha, salsinha ou coentro.

Ponha o arroz para cozinhar naquele montão de água, de preferência em panela grossa, de pedra-sabão, barro ou ferro esmaltado; quando ferver abaixe o fogo, tampe e deixe cozinhar por três horas, mexendo de quando em vez.
Corte a cebola em gomos, o aipo e o alho-poró em fatias grossas diagonais, descasque os dentes de alho e ponha tudo lá dentro, levantando o fogo, para abaixar de novo depois que ferver. Junte mais água se for o caso. Deixe ferver 40 minutos, misture as folhas de bertalha, apague o fogo e tampe.
Sirva com uma colher (chá) de missô em cada porção e verdinhos frescos por cima. Pode comer à vontade.

Substitui ao menos uma refeição por dia, com resultados maravilhosos.
Por quê?

Primeiro porque o arroz integral cozido longamente, às vezes a noite inteira, é o alimento mais medicinal que existe: fácil de digerir, fortalece o princípio vital e o sangue, harmoniza o sistema de aquecimento do corpo, suaviza os intestinos e ajuda a eliminação de toxinas através da urina. (Contra-indicação: quem já urina muito não deve tomar essa sopa.)
O alho é uma cornucópia de virtudes para a saúde. Espanta vírus, fungos e outros hóspedes indesejáveis, desengordura, tonifica, relaxa, faz bem ao fígado e às glândulas, limpa o sangue.
A cebola não fica atrás: também é anti-séptica, limpa e regulariza os rins e a bexiga, baixa a taxa de glicose no sangue, ajuda a absorver oxigênio.
O alho-poró reforça o alho e a cebola e dá um sabor especial.
O aipo, ou salsão, estimula a digestão e os intestinos, limpa os rins, alivia o reumatismo, acalma, nutre e tonifica; suas folhas têm um tipo natural de insulina.
E as folhas de bertalha, Basella alba, trepadeira que dá em qualquer cerca no mato carioca, são riquíssimas em cálcio, ferro, magnésio, clorofila e outras preciosidades, e ainda lubrificam os intestinos. (Se não encontrar bertalha, pode colocar chicória.)

Boa primavera – boa reciclagem!

http://www.correcotia.com/ Site maravilhoso da Sonia Hirsch



5 comentários:

Gisele disse...

Poeta... fui a casa de praia, depósito de lembranças e dos meus cadernos de menina... joguei tudo fora, com vergonha dos dramas de adolescente... só sobraram as agendas... aquelas da Tribo... só porque nasquelas páginas eu o reencontei...

Gisele disse...

Poeta... fui a casa de praia, deposito de memórias e dos cadernos de recortes... joguei tudo fora, com vergonha dos dramas de menina... sobraram apenas as agendas... porque ao abrir a primeira página o reencontrei!!!

Juliano Sanches disse...

Olá tudo bem. Parabéns por ter um Blog com um estilo visionário. Há quem tire ouro do lodo. Há quem tire espiritualidade do arroz. Salve Pai José... Saravá... Quem diria hein... Não estamos em Terra de Cego, mas, às vezes, parece que só poucos enxergam em nosso chão. Poucos tem um olho. Olho que funciona, é claro. Precisamos descobrir esse nosso olho, pois, pelo contrário, estaremos unidos à multidão que se embarca eternamente na nau do conformismo. Desde já vou acompanhar o olho desse Blog. Bem pensado esse espaço. Nessa semana, no meu blog eu fiz uma poesia sobre as superações da vida, as pedras tiradas no caminho. Dê uma olhada.

Meu nome é Juliano Sanches, sou jornalista, colaborador do Portal Sorocult (www.sorocult.com), do Portal Comunique-se (www.comunique-se.com.br), da revista on-line Guaruçá (www.ubaweb.com), e do Portal Mário Lincoln do Brasil (www.mhariolincoln.jor.br). Sou colunista do Jornalzen (www.jornalzen.com.br), de Campinas. Escrevo esporadicamente para o Jornal Correio Popular de Campinas (www.cpopular.com.br). Tenho um blog, chamado "Casa do Juliano Sanches". Trata-se de um espaço de reflexão sobre temas como qualidade de vida, natureza, ecologia, espiritualidade universalista, viagens, lugares do Brasil, experiências místicas, músicas de diferentes estilos, ruralismo, jornalismo, psicologia, peças de teatro, livros, autoconhecimento,
autoajuda, autoafirmação, resistência cultural, vida em harmonia, paz, estudos, observações diárias, poesia, geração de visibilidade para as pessoas mais excluídas, culturas do povo e folclore. Comecei a fazer algumas experiências de coleta de informações. Durante os finais de semana, eu dedico uma parte do tempo à observação e ao acompanhamento dos coletores de lixo de Campinas. Já fiz amizade com alguns deles. Com as experiências, eu iniciei uma reflexão sobre a falta de visibilidade dos trabalhadores braçais. No blog Casa do Juliano Sanches (http://casadojulianosanches.blogspot.com/), eu também dediquei um espaço ao tema. O meu objetivo é verificar como são as relações sociais entre coletores de lixo e a população que anda pelas ruas de Campinas. Fiz algumas comparações entre carroceiros, profissionais de limpeza de banheiro, garis e margaridas. Pude perceber que são pessoas receptivas. Apesar de vivenciarem uma situação de anonimato, produzida pelos dispositivos da sociedade, eles aindam conseguem, mesmo que minimamente, manifestar suas visões a respeito das condições de sobrevivência nas cidades industrializadas. Fiz algumas fotos de dois dos garis que acompanhei. As imagens dos rostos deles fazem uma representação evidente das dificuldades vivenciadas pelas ruas, principalmente o cansaço e o abandono da sociedade.

Visite minha Casa, quando puder.

O endereço é:

(http://casadojulianosanches.blogspot.com/).

Um grande abraço.

Regina Ramão disse...

Oi, Mário:

Saudades de ti, guri!
Encontrei teu link lá no Refúgio da Sandra Camurça, pensei, putz faz tempo que não visito este cara. Para minha sorte me deparo com esta maravilhosa receita, que era tudo que eu precisava para completar a dieta saudável a que venho me propondo nos últimos tempos. Tu és muito generoso em compartilhar este achado. Beijo no coração. Estou te lincando lá no Brisa. Dá um jeito de coloca o gadget de seguidores neste teu blog.

Daniel disse...

Mario, teu trabalho é muito importante. Você sabe do que falo.
Parabéns por tudo. Por saber se manter criança.
abração mano.